Menu
segunda, 19 de outubro de 2020
Política

Câmara suspende audiência pública sobre regulamentação de táxi e mototáxis

Regulamentação

17 janeiro 2014 - 09h30Por Marcelo Villalba

Em decorrência das férias de janeiro a audiência pública que iria discutir a regulamentação de táxis e mototáxis foi adiada.  Ela estava prevista para acontecer às 19 horas desta sexta-feira, mas foi remarcada para o mês de fevereiro, quando o legislativo municipal retoma os trabalhos.

Em nota Edson Shimabukuro (PTB), que faz parte da Comissão Permanente de Transporte e Trânsito, esclarece que o pedido partiu dos próprios trabalhadores.  “Quando retomarmos os trabalhos, vamos marcar uma nova data” explica.

A discussão da audiência pública é para evitar que haja monopólio. Na lei federal é possível que seja feita apenas um cadastro por CPF a cada taxista, o que não ocorre em Campo Grande.

Conforme informou a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran),  atualmente existem 484 veículos com permissão para atuar.

No ano passado a Câmara recebeu milhares de pessoas que sobrevivem da profissão mas que não possuem os alvarás, que alegavam haver uma máfia na Capital. Os alvarás não tem prazo para término da permissão para explorar o serviço, que é uma concessão pública.  Em 2012 foram concedidas apenas 50 alvarás, com duração de 15 anos. 

Leia Também

Fim do mistério: suspeito de cortar fios de internet no Leblon é preso por furto
Cidade Morena
Fim do mistério: suspeito de cortar fios de internet no Leblon é preso por furto
Peão morre oito dias após ser pisoteado por égua em Ribas do Rio Pardo
Cidade Morena
Peão morre oito dias após ser pisoteado por égua em Ribas do Rio Pardo
'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Interior
'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai
Geral
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai