GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Política

Bancada de MS será a sétima a votar em processo de impeachment de Dilma

15 abril 2016 - 09h29Por Dany Nascimento

Mato Grosso do Sul será o sétimo estado a votar no processo que pode autorizar, ou não, a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT). A ordem foi estabelecida pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).

O primeiro estado a votar será Roraima, seguido de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará e Paraná. Após essas votações, os deputados sul-mato-grossenses declaram suas escolhas. A votação ocorre no domingo (17), a partir das 13h (horário de MS).

Cunha fez questão de deixar os deputados do Nordeste para votar por último, levando em consideração que o Nordeste é a região em que a petista têm o maior apoio do país.  Deputados governistas reclamaram dessa decisão porque entendem que a presidente tende a ter mais apoio no Nordeste.

Os parlamentares temem que, caso Estados de outras regiões votem antes, isso provoque uma forte arrancada no placar pró-impeachment, levando a um efeito manada contra Dilma.

Confira abaixo a ordem de votação:

Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, São Paulo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas.