TCE MAIO
(67) 99826-0686

Pressionado em transição, Bernal garante que tarifa de ônibus não vai aumentar

Notícia agrada equipe de Marquinhos Trad, prefeito eleito de Campo Grande

21 NOV 2016
Kerolyn Araújo e Thiago de Souza
17h03min
Foto: TopMídiaNews

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), garantiu na tarde desta segunda-feira (21), que o vale transporte não sofrerá reajuste em 2017. Atualmente, o valor da tarifa é de R$ 3,25. A afirmação ocorre após críticas durante a transição de governo na administração municipal.

Conforme o prefeito, um dos fatores que garante que o valor do vale transporte não sofra reajuste é a isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). De acordo com Bernal, o projeto referente à isenção do imposto será encaminhado amanhã (22) para a Câmara Municipal.

A notícia agrada equipe de Marquinhos Trad, do PSD, prefeito eleito de Campo Grande. Em oportunidades anteriores, Marquinhos afirmou claramente que esperava que o passe de ônibus não sofresse reajuste em fim de gestão. No fim das contas, seu ponto de vista levou a melhor.

Nesta semana, após diversos atrasos, efetivamente começou a transição de gestão entre Bernal e Marquinhos. As equipes de transição se encontraram duas vezes apenas nesta segunda, praticamente o mesmo número que na semana passada.

"Gostaria muito que o governo do Estado fizesse sua parte, porque o tributo sobre o combustível impacta muito sobre a tarifa do transporte coletivo urbano", criticou o atual prefeito.

 

Veja também