Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

Bernal tenta remendar e diz que não vai expulsar Chocolate do partido

Confusão

22 OUT 2013
Schimene Weber e Juliene Katayama
08h30min
Vereador Chocolate

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), declarou nesta manhã (22), no seminário sobre desenvolvimento com técnicos do BID, realizado no Grand Park Hotel, que "se depender dele o vereador Chocolate não será expulso do partido". 

Bernal é presidente do Diretório Regional do Partido Progressista de Mato Grosso do Sul (PP/MS) e, conforme consta nas normas partidárias, a decisão da expulsão ou permanência de Chocolate depende somente de seu decreto.

Expulsão - O vereador do PP votou, na ultima semana, a favor da abertura da Comissão Processante contra o prefeito da Capital e, por esse motivo, foi acusado de infidelidade partidária pelo presidente municipal, o vereador Cazuza. 

Chocolate, que teve a esposa exonerada de seu cargo na Segov, explicou, quando procurado pela equipe do TopMídia News, que o prefeito já sabia de seu posicionamento na reta final para a votação na Câmara Municipal. 

Ele disse, ainda, que a atitude de Bernal foi pequena e que a exoneração, publicada no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) foi resultado de retaliação contra o vereador da Capital.

Vereador Chocolate
Vereador Chocolate
Vereador ChocolateAlcides Bernal

Veja também