tce janeiro
SENAR 26/01
Menu
quarta, 26 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Beto Pereira acredita que deixa PDT em quinze dias

05 dezembro 2015 - 08h29Por Dany Nascimento

O deputado estadual Beto Pereira afirmou ao TopMídiaNews que já ingressou uma ação no Tribunal Regional Eleitoral pedindo desfiliação do PDT, alegando que seu trabalho vem sendo descriminalizado pelos membros do partido. O parlamentar ressalta que o Tribunal deve analisar sua situação e emitir uma resposta em quinze dias.

Beto explica que o presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira  já declarou que o parlamentar tem o aval do partido no Estado, mas Beto teme as punições do partido nacional, levando em consideração que o presidente nacional do partido, Carlos Luppi afirmou que Beto não tem permissão para deixar o PDT.

"Levando em consideração todas essas afirmações, eu prefiro aguardar uma resposta do TRE e deixar o partido. Estou sendo discriminalizado dentro do partido. Acredito que entre dez e quinze dias já terei uma resposta do TRE", diz o deputado.

Questionado sobre estar dialogando com outros partidos, Beto Pereira ressalta que ainda não iniciou diálogos e que prefere aguardar até que sua desfiliação seja autorizada.  "Eu prefiro aguardar até que saia a desfiliação para começar a conversar e cogitar a possibilidade de entrar em um novo partido".

O conflito do parlamentar no PDT começou com desentendimentos com Dagoberto Nogueira, que chegou a afirmar que Beto seria um 'ingrato e traidor', por tomar decisões sem informar o partido.