ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

BR 163 terá pedágio mais barato do país

Pedágio

23 DEZ 2013
Lucas Arruda
13h12min
Foto: Reprodução

Com o valor de R$ 4,38 a cada 100km, Mato Grosso do Sul terá o pedágio mais barato do Brasil em trechos longos, segundo o governador André Puccinelli. A empresa vencedora do leilão realizado no dia 17 deste mês foi a CCR. Serão instalados nove postos de pedágio nos 847km de rodovia que fica dentro do Estado.

Apesar do valor do pedágio ter ficado menor em Mato Grosso, 2,83, o governador ressaltou que se for somado os quilômetros percorridos em MS e comparar ao Estado vizinho, o pedágio da 163 será mais barato aqui.

"O nosso pedágio é o mais barato do Brasil na atualidade para trechos longos, portanto nos sentimos relativamente satisfeitos que tenham utilizados nossos estudos para tal. Lá no MT já existe pequenos trechos duplicados e este valor não é para longas distâncias. Aqui será a cada 100km, nossos vizinhos terão pedágios mais próximos um do outro e não é na totalidade da BR do Estado", destacou.

De acordo com o governador, se o Governo Federal tivesse dado o aval para o Estado ter duplicado a rodovia em 2007, seu primeiro ano de mandato, grande parte da rodovia já estaria duplicada.

"Apresentamos um estudo de fluxo de tráfego para o presidente Lula em 2007. Na época havia cerca de 154 mil veículos transitando na rodovia. Depois atualizamos o estudo e o apresentamos a presidente Dilma", afirmou.

Os trechos que terão pedágio são: Mundo Novo, no km 30, com preço de R$ 3,20; em Itaquiraí/Naviraí, no km 115, por R$ 4,30; em Caarapó, no km 226, por R$ 4,40; em Rio Brilhante, km 314, R$ 4,40; Campo Grande, km 429, R$ 4,90; Bandeirantes/Rochedo/Jaraguari, km 537, R$ 3,80; São Gabriel do Oeste/Camapuã, km 601, R$ 3,70; Rio Verde de Mato Grosso, km 705, R$ 4,80; e Pedro Gomes/Sonora, km 823, R$ 3,60.

Veja também