Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Política

Câmara recebe dois processos contra Durães por quebra de decoro

14 maio 2016 - 15h11Por Rodson Willyams

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha, do PSDB, a Casa de Leis não terá 'dois pesos e duas medidas' na hora de analisar duas representações por quebra de decoro parlamentar contra o vereador Roberto Durães, do PSC. O parlamentar é alvo de processos após dizer conhecer a mãe do prefeito Alcides Bernal, do PP, 'no silêncio dos edredons'. Há possibilidade do parlamentar receber mais três pedidos.

Segundo o presidente, além da representação protocolada pela vereadora Luiza Ribeiro, do PPS, que contou com a presença de mulheres, inclusive secretárias municipais, que assinaram o pedido de cassação de Durães. Há outro, protocolado pelo próprio prefeito Alcides Bernal, que pediu, além da cassação de Roberto Durães, investigações contra o próprio João Rocha, Edil Albuquerque, do PMDB; Chiquinho Telles, do PSD e Carlos Augusto, do PSB.

"Até o momento, nós temos dois pedidos que já estão em tramitação na Casa. O primeiro, está ainda no apoio legislativo e não chegou na presidência. Mas assim que chegar, eu vou encaminhar para a Procuradoria da Casa, afinal, eu preciso do parecer deles, dos técnicos, e que é importante ressaltar, que eles são concursados. Mas não haverá exceção, tudo aquilo que quer entrada aqui receberá o mesmo tratamento, seja contra servidor, vereador, ou até mesmo o presidente da Casa", ressaltou Rocha.

O parlamentar ainda explicou que o fato do comentário de Durães ter sido retirado da pauta significa que foi apenas apenas dos anais da Câmara. "Ou seja daqui há cinco anos, se alguém for procurar, não estará lá. Mas isso não significa que ele não poderá sofrer alguma sanção, até porque houve uma publicidade, foi notória a declaração".

A reportagem questionou o presidente se a Câmara pode tomar alguma providência referente a declaração do vereador. "Não há necessidade de abrir mais um processo, até porque, nós temos dois processos, então, neste caso, já está feita a representação contra o vereador".