TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Política

Campeão de votos em MS, deputado estadual eleito está entre mais votados do País

O recordista de votos de MS está em quarto lugar em relação aos eleitos que fizeram história no Brasil

24 outubro 2018 - 14h08Por Redação

O Capitão Renan Contar (PSL) que teve uma marca histórica de votos em Mato Grosso do Sul para deputado estadual, com 78.390, também é considerado um dos mais bem colocados no cenário político nacional. De acordo com a proporcionalidade dos eleitores que foram até as urnas no país, o militar do Exército está em quarto lugar.

O recordista de votos de MS está em quarto lugar em relação aos eleitos que fizeram história no Brasil. Contar teve proporcionalmente 6,11% dos votos totais contabilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). “Acredito que estes votos expressivos mostram que os eleitores procuraram pessoas que resolvam os problemas dos serviços públicos e que tenha controle dos gastos, fazendo isso de forma transparente, com experiência técnica e eficiência”, exemplifica.

Dos quatro bem mais votados para ocupar as vagas nos legislativos para 2019, três deles são novos no cenário político. Nesta lista, está a advogada e professora Janaina Paschoal, de São Paulo, que teve o percentual de votos de 9,88%. No Pernambuco, a delegada Gleide Angelo com 9,15% proporcional. Em seguida, o único que já tinha uma carreira política em andamento, o delegado Francischini, que obteve um total de 7,51% dos votos.

2º turno

Não é novidade que o Capitão Contar está apoiando e fazendo campanha para Jair Bolsonaro, para presidente no 2º turno das eleições, que ocorrerá no dia 28 de outubro (próximo domingo). Ambos são capitães e são do mesmo partido, o PSL.

Em relação ao cenário estadual, Contar se manteve neutro, conforme foi a solicitação do próprio Jair Bolsonaro. “Vou me manter neutro, como foi definido pela nacional desde o início. Afinal, eu e os eleitos, deputado federal Tio Trutis e a senadora Soraya Thronicke, fizemos nossa campanha por conta própria, forte e unida com a população. Formamos o ‘Time do Bolsonaro’, e é desta forma que seguiremos”, fala.

“Mas também não defendo o voto ‘nulo’ e nem ‘branco’, precisamos avaliar as propostas e reconhecer quem tem compromisso com o executivo. É necessário que haja uma mudança de cenário, mas que ela seja para melhor, por isso a importância de avaliar quem tem condições de governabilidade. Olhar aquele que apresenta boas propostas e coerência. Digo e repito ‘PT Nunca Mais’”, diz.

O Capitão Contar reafirma a importância em votar. “Só o voto pode melhorar os serviços públicos. É inadmissível que um candidato receba orientação de quem está atrás das grades. Ou que faça alianças que não condizem com a postura que está tomando”, ressalta o Capitão Contar.