Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Política

Capitão Contar apresenta emenda com duas alterações e suspende votação do PDV

O Programa de Desligamento Voluntário "foi criado com o objetivo de reduzir a folha do Estado, pois está sobrecarregada."

10 abril 2019 - 09h02Por Da redação/ALMS

O deputado estadual Capitão Contar apresentou uma emenda com duas alterações em relação ao Projeto de Lei 39/2019, o PDV (Programa de Desligamento Voluntário). O fato ocorreu na manhã desta terça-feira (9), durante a sessão ordinária da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do sul), e por conta disso, o projeto foi retirado de pauta e a votação foi suspensa.

“O PDV foi criado com o objetivo de reduzir a folha do Estado, pois está sobrecarregada. Por outro, estes servidores teriam o respaldo de ser indenizados. Porém, algumas pessoas são servidoras concursadas e comissionadas”, fala o parlamentar e completa, “de um lado, ela abre mão de um cargo concursado, recebe uma indenização dos cofres do Estado e continua na folha como comissionada. Não vejo como isso vai reduzir o déficit”.

Por conta disso, o Capitão ressalta que, se o servidor concursado adere ao PDV, o efeito também tem que valer ao cargo comissionado. E em vez de ficarem dois anos longe do serviço público, eles ficarão cinco. “Isso também é para não transcorrer da pessoa sair da folha de pagamento como concursada e entrar como comissionada. E para deixar as contas no positivo, é preciso um tempo para o Governo coloque a casa em ordem. Isso em qualquer governo” salienta.

Leia Também

Neste sábado, seis agências da Caixa da Capital abrem para saques do auxílio
Economia
Neste sábado, seis agências da Caixa da Capital abrem para saques do auxílio
Mulher bate em funcionária de hipermercado e dispara: 'senti vontade de bater'
Polícia
Mulher bate em funcionária de hipermercado e dispara: 'senti vontade de bater'
Inacreditável! Mulher encontra esqueleto de irmão desaparecido durante faxina
Geral
Inacreditável! Mulher encontra esqueleto de irmão desaparecido durante faxina
Fábrica de piscinas é interditada e empresário autuado em R$ 5 mil
Interior
Fábrica de piscinas é interditada e empresário autuado em R$ 5 mil