Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Política

CNT: avaliação positiva do governo Temer sobe para 14,6%

Para 36,1% dos entrevistados, o atual governo é regular; e 12,6% não responderam ou não souberam opinar

19 outubro 2016 - 13h32Por Agência Brasil

Pesquisa CNT/MDA divulgada hoje (19) indica que 14,6% dos brasileiros entrevistados consideram positivo o governo do presidente Michel Temer e 36,7% avaliam como negativo. Para 36,1% dos entrevistados, o atual governo é regular; e 12,6% não responderam ou não souberam opinar.

Na pesquisa divulgada em junho, os entrevistados avaliaram o governo interino de Michel Temer. Para 11,3%, a avaliação foi positiva e para 28%, negativa. Os que consideraram o governo regular foram 30,2% dos entrevistados e 30,5% não souberam opinar.

Em relação ao desempenho pessoal do presidente, a pesquisa divulgada hoje mostra que 51,4% desaprovam, frente a 40,4% da pesquisa anterior, e 31,7% aprovam, enquanto na consulta anterior o percentual era de 33,8%.

Na comparação entre os governos Temer e Dilma Rousseff, 40,5% dos entrevistados disseram que os governos estão iguais e que não percebem nenhuma mudança no país desde que Temer assumiu a Presidência. Para 26%, o atual governo está melhor do que o anterior, enquanto 28% consideram que as mudanças pioraram as condições do país.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 unidades federativas das cinco regiões do país entre os dias 13 e 16 de outubro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Esta é a segunda pesquisa da Confederação Nacional do Transporte sobre o governo Temer.

Apoio do Congresso

A pesquisa mostra que 58% dos entrevistados consideram que o presidente Temer terá apoio suficiente do Congresso Nacional para realizar mudanças propostas pelo governo. Os que não acreditam que ele terá o apoio são 29,2% e 12,8% não responderam ou não souberam opinar. Em relação à proposta do governo federal para estabelecer um limite para os gastos públicos, 40,9% já ouviram falar e 57,7% não sabem do que se trata. Dentre os que afirmaram ter ouvido falar da proposta, 60,4% são a favor e 32,5% são contra.

Política

Os entrevistados também opinaram sobre a obrigatoriedade do voto no país. Trinta e um por cento disseram ser a favor do voto obrigatório e 68% reponderam ser contra a obrigatoriedade de votar. Quando perguntados sobre o grau de confiança em partidos políticos, 78,3% disseram que não confiam em partido algum, 16,1% confiam parcialmente em um ou em alguns partidos e 3,7% declararam que confiam totalmente em um ou alguns partidos.

Emprego e Renda

Aumentou o percentual dos que avaliam que a situação do emprego e da renda no país vai melhorar. Na última pesquisa, divulgada em junho, 27,2% responderam acreditar que a situação do emprego vai melhorar e agora esse percentual é de 33,3%. Em relação à renda mensal, 19,8% acreditavam que haveria aumento nos próximos seis meses e agora são 25,5% os que prevêem melhora.

Leia Também

Dono de carro alugado em 2019 encontra veículo depenado em barracão de Dourados
Interior
Dono de carro alugado em 2019 encontra veículo depenado em barracão de Dourados
PF vai investigar colunista da Folha que torce para Bolsonaro morrer de covid
Geral
PF vai investigar colunista da Folha que torce para Bolsonaro morrer de covid
ABSURDO! Indígena sofre aborto e hospital entrega feto em garrafa de plástico
Geral
ABSURDO! Indígena sofre aborto e hospital entrega feto em garrafa de plástico
SE PREPARE: temperatura cai 6º C nos próximos dois dias em Campo Grande
Cidade Morena
SE PREPARE: temperatura cai 6º C nos próximos dois dias em Campo Grande