Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
Camara - corona
Política

Comissão Processante tem cinco dias para notificar prefeito

Investigação

16 outubro 2013 - 13h38Por Juliene Katayama

A Comissão Processante terá cinco dias para analisar os documentos e notificar o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). O Chefe do Executivo está sendo investigado depois da conclusão da CPI da Inadimplência que apontou irregularidades em contratos firmados entre a prefeitura e prestadoras de serviço, em processos licitatório, além de falta de pagamento.

Após a notificação, o prefeito terá 10 dias para apresentar sua defesa. “Temos prazo de cinco dias para entregar a notificação ao prefeito que terá 10 dias para apresentar defesa. Decorrido estes dois momentos procederemos com a avaliação de todo material apurado e julgaremos se são procedentes ou não”, afirmou o presidente da comissão, vereador Edil Albuquerque (PMDB).

Além do peemedebista, Flávio César (PTdoB) e Alceu Bueno (PSL) também integram o grupo que irá investigar possíveis irregularidades. A prioridade do grupo é analisar os documentos da CPI da Inadimplência.

Na primeira reunião, realizada nesta manhã, o grupo definiu o cronograma de trabalho, referente à recepção dos documentos, análise e agendamento das pessoas que prestarão depoimentos. Segundo Edil, neste primeiro momento o grupo está se inteirando das denúncias, irá marcar as datas das oitivas, entre outros procedimentos.

Leia Também

Internautas chamam a atenção: Trump não segue mais Bolsonaro no Twitter
Geral
Internautas chamam a atenção: Trump não segue mais Bolsonaro no Twitter
Com 159 denúncias, GCM fecha vinte estabelecimentos em operação Toque de Recolher
Polícia
Com 159 denúncias, GCM fecha vinte estabelecimentos em operação Toque de Recolher
STF deu ‘balão’ em sistema para beneficiar Jamil Name
Polícia
STF deu ‘balão’ em sistema para beneficiar Jamil Name
Witzel arrega para Bolsonaro e libera futebol, bares, restaurantes e shoppings a partir deste sábado
Geral
Witzel arrega para Bolsonaro e libera futebol, bares, restaurantes e shoppings a partir deste sábado