Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Política

Disputando o comando da Assembleia, Corrêa promete mesa multipartidária com definição dia 15

Escolha da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul ocorre em fevereiro

01 janeiro 2019 - 16h53Por Nathalia Pelzl e Celso Bejarano

Sem dar nomes, o candidato à presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul  (ALMS), deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB), disse, na tarde desta terça-feira (1°), apenas os partidos que são cotados para compor a mesa diretora, caso ele seja eleito. 

Segundo ele, a mesa será multipartidária e deve ser composta por partidos que o apoiaram, como MDB, DEM e PT. O deputado citou uma reunião que vai acontecer no dia 15 de janeiro para a decisão final dos nomes para o primeiro, segundo e terceiro vice-presidentes, além de primeiro, segundo e terceiro secretários.

Especulações são de que 20 parlamentares votarão no deputado. A escolha da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul só ocorre em fevereiro. O PSDB conta com cinco deputados eleitos e reeleitos e é a maior bancada da casa.

Leia Também

Trio de arrombadores de casas é descoberto pela PM e vítima lamenta: 'venderam tudo'
Polícia
Trio de arrombadores de casas é descoberto pela PM e vítima lamenta: 'venderam tudo'
Dudu, do Bifão da Coophasul, morre em Campo Grande
In Memoriam
Dudu, do Bifão da Coophasul, morre em Campo Grande
Sábado terá pancadas de chuva e máxima de 41°C em MS
Cidades
Sábado terá pancadas de chuva e máxima de 41°C em MS
Geral
INFORME PUBLICITÁRIO