Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Política

De base e oposição: políticos de MS se unem contra tratamento com ozônio no ânus

'Tratamento' foi divulgado pelo prefeito de Itajaí e gerou polêmicas, além de centenas de memes

11 agosto 2020 - 17h00Por Rayani Santa Cruz

Os deputados Luiz Ovando (PSL) e Dagoberto Nogueira (PDT), da base do governo e da oposição, concordam que o tratamento com ozônio via retal para curar a covid-19 pode não ser tão eficaz como o prefeito de Itajaí (SC) divulgou nas últimas semanas.

Aos risos, quando questionado, o deputado Dagoberto disse não acreditar muito no tratamento. “Eu sou um homem moderno, acredito na ciência e em tratamentos comprovados”, citou o pedetista.

O prefeito de Itajaí gerou polêmica e virou motivo de memes em todo o país. Inclusive o teste do tratamento já tem 150 voluntários, apesar de o Conselho Federal de Medicina proibir tratamentos com ozonioterapia no Brasil (clique aqui para saber mais).

Sobre o assunto, o deputado Luiz Ovando, que também é médico, citou que não estudou a fundo sobre o tratamento, mas que conhece os princípios.

“Existe a concentração de oxigênio que é o O2 e do ozônio que é o O3. De uma maneira geral, a concentração elevada é tóxica para o organismo, já que se ultrapassar os 21% faz mal. Um exemplo é quando o paciente é colocado no respirador, a técnica é utilizada para difundir e aumentar o oxigênio do alvéolo (do pulmão) para a corrente sanguínea. Agora, a questão do ozônio é que a substância é absorvida mais rápida pela aplicação retal. O ozônio cai na circulação e vai para o sangue, mas ainda não tenho conhecimento se isso é realmente eficaz”.

Ovando finalizou citando que, como não tem conhecimento profundo, não poderia opinar, e que ainda não tem certeza se o procedimento possui resultados satisfatórios. 

Ele cita ainda que medicamentos como hidroxicloroquina, cloroquina, ivermectina e azitromicina, que já são distribuídos na rede pública, possuem mais credibilidade para tratar a doença. 

Leia Também

Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Geral
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga
Cidades
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga