ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Delcídio propõe política com aliados e não 'governo de meia dúzia'

Eleição 2014

8 DEZ 2013
Juliene Katayama
12h59min
Foto: Divulgação/PT

O pré-candidato ao governo do Estado, senador Delcídio do Amaral (PT), afirmou, durante a posse da nova diretoria estadual do PT, que precisa fazer política com os aliados e não ter "governo de meia dúzia". Para o petista, essa construção é fundamental e não pode ser feita somente dentro do partido.

“Nós temos que ampliar. Precisamos  fazer política com os aliados. Não podemos ter um governo de meia dúzia, que tenta se impor aos demais. Temos que fazer uma administração que ouça as pessoas e promova a inclusão social e a cidadania”, afirmou Delcídio.

Para evitar o racha, o PT regional do Estado optou por eleger o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, para presidente do partido. Antes do concesso, o ex-presidente Marcus Garcia também estava na disputa pela reeleição. "Talvez Mato Grosso do Sul seja o único estado do Brasil onde o nosso partido conseguiu, através da articulação de todas as tendências internas, montar uma chapa regional de consenso", pontuou.

O senador acredita começar a discutir um programa de governo que será apresentado à sociedade no processo eleitoral do ano que vem. “Agora, findo o processo de eleição interna, estamos preparados para começar a elaborar o programa de governo e vamos andar por todo o estado, discutindo proposta", ressaltou Delcídio.

Para o petista, o partido "olha as pessoas que precisam da mão generosa do Estado, mas que também busca o desenvolvimento econômico e toma as medidas necessárias a promover o crescimento do País”. “Precisamos responder as demandas da sociedade, investindo em  saúde, segurança pública, educação e na geração de empregos. A população não quer coisas faraônicas. As pessoas querem coisas simples que correspondam aos impostos que elas pagam”, finalizou o senador.

Veja também