Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Política

Deputado do PSL mineiro é escolhido relator da reforma da Previdência na CCJ

Delegado Marcelo Freitas foi anunciado em momento 'propício' diz o presidente da Comissão

28 março 2019 - 18h11Por Thiago de Souza com Agência Câmara

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), indicou nesta quinta-feira (28) o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) para relatoria da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). A CCJ é responsável por analisar a admissibilidade do texto, primeiro passo da tramitação da matéria na Câmara.

Francischini disse que esperou o momento propício para fazer o anúncio do relator, já que hoje há “união de forças e consenso dentro do Congresso Nacional e também junto ao governo”. Ele reafirmou que pretende votar a reforma da Previdência na CCJ em 17 de abril.

Na próxima semana, a comissão receberá o ministro da Economia, Paulo Guedes, na quarta-feira (3), e seis juristas na quinta-feira (4). Na semana seguinte, Marcelo Freitas deve apresentar o parecer.

Segundo o presidente da comissão, houve um entendimento entre os líderes dos partidos na Câmara e o presidente da Casa, Rodrigo Maia, de dar “total prioridade” para a reforma.

Francischini também reafirmou a decisão dos 54 deputados PSL de fechar questão sobre a reforma. “Nós como PSL representamos também o presidente da República na Casa e temos a responsabilidade primeira com essa reforma”, afirmou.

Quando um partido fecha questão em torno de algum tema, determina que seus parlamentares votem de acordo com a orientação da sigla.

Bandeira branca

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o desentendimento entre Executivo e Legislativo já acabou e foi hasteada uma “bandeira branquíssima”. Nos últimos dias, houve um desgaste na relação entre os dois poderes em razão de declarações polêmicas do presidente da Câmara e do presidente da República, Jair Bolsonaro, a respeito da articulação política do governo no Congresso.

''O diálogo com os líderes da Câmara na terça-feira (26), depois o diálogo com os líderes do Senado Federal ontem (27) foi muito produtivo'', disse. Segundo Lorenzoni, Bolsonaro deve receber os presidentes dos partidos na próxima quinta-feira (4) quando voltar de viagem oficial a Israel.

Oposição

De acordo com o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), a formação acadêmica de Marcelo Freitas não foi o critério que pesou na indicação, mas sim a conjuntura política.

"Para o governo só sobrou o PSL, só sobrou o partido do presidente da República para indicar alguém que viesse na CCJ para relatar e, provavelmente, defender uma reforma da Previdência tão cruel com o trabalhor e a trabalhadora brasileiros", afirmou.
Molon disse que é difícil acreditar que as declarações de paz entre representantes do Legislativo e Executivo signifiquem uma trégua nas discussões. "O comportamento do presidente da República é muito imprevisível", disse Molon.


Denúncia anônima levou a Polícia Federal a apreender caminhão com milhares de caixas de cigarros paraguaios, na noite dessa quarta-feira (27), na BR-163, próximo a Camapuã. O motorista do caminhão e dois homens que atuavam como batedores dos produtos, em dois carros diferentes, foram presos. 
Conforme a PF, três equipes da corporação fizeram rondas à procura do caminhão com o cigarro. O veículo foi abordado e o motorista,  de 47 anos, morador de Mundo Novo, inicialmente, disse que carregava ração. No entanto, ao saber que seria revistado, confessou o transporte do cigarro. 
Ao mesmo tempo em que a abordagem ao caminhão acontecia, outras duas equipes da PF abordaram os batedores, que estavam em um IX 35 e um Chevrolet-Captiva. 
Entre os suspeitos de ‘’bater’’ a carga, um deles é morador de Mundo Novo, de 44 anos, e outro empresário em Campo Grande, de 34 anos.  
Os três foram presos em flagrante. A carga foi encaminhada para a Receita Federal em Campo Grande. 
 

Leia Também

Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Geral
Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Geral
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Geral
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca
Polícia
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca