tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Deputado tira PEC do 'matadouro' e governistas do centrão ficam sem reação

Deputado Fábio Trad é relator do projeto que acelera prisão de condenados pela Justiça; Centrão fez manobra para enterrar relatório, mas se deu mal

08 dezembro 2021 - 12h10Por Rayani Santa Cruz

Diante do risco de ter o relatório da PEC da prisão em segunda instância reprovado após o centrão substituir quase 17 integrantes da comissão especial, o deputado Fábio Trad (PSD) agiu rápido e tirou a proposta de pauta nesta quarta-feira (8).

Partidos do Centrão, aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) manobraram em desfavor do relatório as vésperas da votação. Até ontem, havia número de votos suficientes para aprovar a relatoria de Trad. Porém, deputados favoráveis ao texto e que estavam a frente de discussões sobre o tema desde o início foram substituídos as pressas por deputados que são contra a PEC.

O deputado disse a comissão que trabalhou por praticamente dois anos, e esteve a frente de um colegiado que não existe mais. Ele afirmou que se dedicou, estudou, aperfeiçoou, e ouviu e tratou com vários setores do Parlamento, que não estavam mais no local.

O parlamentar afirmou ainda que conversou com setores da esquerda, da direita e centro e chegou a um acordo anteriormente. 

"De maneira, que vendo um cenário que não existe mais, e uma mudança súbita e repentina de quase 17 membros da comissão, eu retiro o meu relatório e solicito que adie para outra oportunidade, de forma que haja condições políticas e meu relatório não vá de forma abnegada e mansa para o matadouro."

Dessa forma, os deputados aliados ao presidente Jair Bolsonaro e que tentariam derrubar o relatório tiveram de aceitar o encerramento da sessão já que não teve sequer discussão.

Os governistas chegaram a ficar sem reação  com a postura do relator, já que articulavam para enterrar a proposta.