TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Política

Detidos, vereadores de Dourados já foram levados para a cadeia

Três encarcerados, segundo investigação do MP-MS e Polícia Civil, fraudavam licitações

06 dezembro 2018 - 11h50Por Celso Bejarano

Detidos ontem, quarta-feira (5), por fraudes em licitações, os vereadores da cidade de Dourados, Pedro Pepa, do DEM, Pastor Cirilo Ramão, do MDB e Idenor Machado, do PSDB, foram levados na manhã desta quinta-feira para a PED, penitenciária da cidade que fica 231 quilômetros de Campo Grande.

Também foram detidos e transferidos para a cadeia o ex-vereador Dirceu Longhi, do PT e ainda o ex-servidor da Câmara Amilton Salina.

A prisão dos vereadores, efetuadas no âmbito da Cifra Negra, operação conduzida pelo MP-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) e a Polícia Civil, foi determinada pelo juiz da 1ª Vara Criminal da cidade, Luiz Alberto de Moura Filho.

No último dia de outubro passado, há 36 dias, a também vereadora Denize Portolann, do PR, foi presa também por fraude em licitações. Assim que encarcerada ela pediu afastamento do cargo. A cidade tem 19 vereadores.