Menu
segunda, 21 de setembro de 2020
Política

Governo aguarda aprovação do Programa de Demissão Voluntária para projetar economia

Reinaldo explicou que o Estado não tem como saber o número de voluntários porque depende da vontade do servidor

10 abril 2019 - 10h16Por Rodson Willyams e Nathalia Pelzl

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) informou que ainda é impossível para o Estado quantificar quantos servidores estaduais efetivos poderão adotar o Plano de Demissão Voluntária. Reinaldo afirma que aguarda o projeto ser aprovado pelos deputados estaduais na Assembleia Legislativa.

Além disso, segundo ele, alguns servidores poderão tomar a iniciativa a partir de junho, quando os servidores devem retornar a cumprir a jornada de oito horas por dia. "É difícil dizer o número de pessoas, mas aqueles que não puderem permanecer no serviço público terão essa opção".

Reinaldo ainda afirma que o Estado não tem como prever um número certo ao PDV porque ainda a iniciativa depende exclusivamente do servidor. "Vai de cada pessoa aderir, mas não em como a gente prever. É difícil o Estado quantificar o número porque vai depender da vontade do servidor".

Nos links baixo, o TopMídiaNews traz mais informações quanto ao PDV.

Leia Também

Enquete: maioria dos leitores quer toque de recolher mais rígido em Campo Grande
Cidade Morena
Enquete: maioria dos leitores quer toque de recolher mais rígido em Campo Grande
Empresário Carlito Nahas morre de coronavírus em Campo Grande
In Memoriam
Empresário Carlito Nahas morre de coronavírus em Campo Grande
Oi sumida: chuva chega em bairro de Campo Grande e traz alívio a moradores (veja o vídeo)
Cidade Morena
Oi sumida: chuva chega em bairro de Campo Grande e traz alívio a moradores (veja o vídeo)
Detran do Pátio Central está atendendo por agendamento
Cidades
Detran do Pátio Central está atendendo por agendamento