(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Eleito vereador, pastor Jeremias promete lutar por 'princípios familiares' na Câmara

O pastor foi o segundo mais votado na coligação comandada por Marquinhos Trad

19 NOV 2016
Rodson Willyams
11h30min
Foto: Rodson Willyams

Jeremias Flores dos Santos, conhecido como Pastor Jeremias, do PTdoB, será mais um dos 18 rostos novos que irão compor a Câmara Municipal de Campo Grande no próximo ano. Segundo mais votado na coligação comandada pelo prefeito eleito Marquinhos Trad, do PSD, e 19º no ranking geral de vereadores eleitos, Pastor Jeremias promete defender os interesses e princípios da família campo-grandense na Casa de Leis. 

"Em toda a minha carreira, aprendi muito sobre a família, que no meu entendimento, é a base da sociedade", frisa Jeremias que ainda continua. "Sou pastor, não vou trazer a doutrina da Igreja para a Câmara", garante. 

A defesa dos princípios familiares será feita dentro da 'ordem', como explica. "Estarei respeitando, há muitas divergências, alguns seguimentos pregam coisas diferentes. Mas quando se tem o respeito, dentro da sociedade, a gente vive bem. Não vou agredir ninguém, semelhante a alguns que agridem a, b ou c. Para mim, todos nós somos iguais, principalmente, perante a Deus. Quando se tem respeito, todos ficam felizes". 

O pastor ainda revelou que pretende trabalhar o lado social também, uma vez, que foi presidente de uma ONG, chamada Sociedade Beneficente Barão do Rio Branco. "Presidi por muito tempo essa ONG, é claro, que estou deixando à presidência. Mas trabalhei por muito tempo esse lado social, com crianças e adolescentes, e de maneira geral, sempre atuando em bairros de Campo Grande e levando o esporte, como o futebol, futsal e o box. Esse vai ser um ponto que vou trabalhar bastante". 

Renovação 
Para o vereador eleito, a renovação na Câmara Municipal foi uma resposta da sociedade pela mudança. "Tivemos por exemplo, diversos nomes que sacramentaram a carreira política, mas não chegaram. Os que chegaram foi bem no limite. Então, acredito que ela vendo o atual quadro resolveu dar oportunidade para nós, como foi no meu caso". 

Pastor Jeremias, ainda destaca que há necessidade de um entendimento entre os poderes Executivo e Legislativo. "Tenho a expectativa que essa relação vai melhorar. O que se viu nesses últimos quatro anos foi um desentendimento que resultou nesse caos na questão da saúde, vias públicas, foi um descaso muito grande. E quem sofreu foi a sociedade". 

E ainda afirmou que a sociedade apostou, porém, a expectativa não foi alcançada. "Hoje a sociedade está amargando, foi uma escolha, mas também ninguém chegou burlando a Lei. Ele foi eleito pelo voto, pela Democracia, mas o atual Executivo e Legislativo, não souberam conduzir a situação que chegou a este caos. Mas com certeza, a esperança é de molharia". 

O parlamentar que deve integrar a base do prefeito eleito, ainda afirmou que o Legislativo estará disposto a ajudar Marquinhos. "Acredito que a Câmara estará junto para contribuir, e claro, se for necessário, fazer um ajuste mais forte, caso seja necessário, mas vejo que a Câmara estará previsto para ajudar nesta acomodação". 

Por fim, Jeremias agradece o apoio que recebeu para chegar até a Casa de Leis. "Quero agradecer a todos que me ajudaram, principal a igreja ao qual congrego, a Assembleia de Deus de Mato Grosso do Sul, na pessoa do presidente Eliel Alencar. Também a cada um dos membros que sofreram conosco nesta campanha. E também à minha equipe, porque ninguém chega à Casa de Leis sozinho".

Veja também