TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Política

Vereador falta sessão para curtir praia e recebe salário normal

Parlamentar disse que "não sabia" que precisava justificar a falta para a Câmara Municipal; Ele protocolou documento pedindo o desconto em setembro

22 outubro 2021 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

O vereador de Jardim-MS, Eduardo Pereira Nardon (PP), foi denunciado por um morador da cidade por ter faltado sessão da Câmara, dia 17 de agosto, para fazer viagem a Pernambuco e gozar das férias, mas não ter tido o dia descontado na folha de pagamento.

O denunciante, que prefere não se identificar por medo de represálias, disse ao TopMídiaNews que o parlamentar publicou fotos nas redes sociais na Praia Dos Carneiros, litoral do Nordeste, e que não trabalhou no Parlamento na data.

Segundo ele, o regimento interno da Casa de Leis de Jardim visa descontar uma porcentagem do salário do vereador que faltar sem justificativa. 

“Se o desconto é proporcional, e não houve justificativa plausível, e houve uma falta; o desconto deve ser de 25%. Por exemplo, 4 presenças o fica salário 100%, 3 presenças o  salário é de 75%, 2 presenças com salário 50% e uma presença o salário deve ser de 25%.”

Conforme o Portal da Transparência, o salário base do vereador é de R$ 6,5 mil e com descontos, chegou a R$ 3,7 mil no mês de agosto, período de viagem.

O Portal da Transparência da Câmara de Jardim-MS ainda não divulgou os salários dos servidores no mês de setembro, apesar de já estarmos no mês de outubro.

Coincidência ou não, o desconto do dia faltado deveria ter sido feito no mês de setembro pela Casa de Leis.

O que diz Eduardo

Em contato, o vereador Eduardo Nardon disse que não sabia que era necessário justificar a falta à secretaria de Finanças da Câmara. E que assim que soube da necessidade, pelo presidente da Casa, vereador Glaucio Cabreira da Costa (PSDB), protocolou o aviso sobre os valores a serem retirados da folha.

“Eu não tinha conhecimento deste fato. Quando aconteceu, no mês seguinte, o Glaucio disse que precisava da justificativa. Eu tenho serviço paralelo à Câmara e sou administrador de fazendas. Estava de férias. E pode descontar do seu salário porque não tem problema nenhum. Não vivo da vereança. E, se não foi descontado, será. O fato é que realmente eu não tinha esse conhecimento do regimento interno da Casa de Leis.”

Nardon justificou também que fez o documento com a data de falta e oficiou ao presidente da Casa de Leis e à secretaria de Finanças. Ele diz que não sabe quando vai ser descontado, mas que o valor será debitado. O documento foi protocolado dia 10 de setembro na Câmara (como pode ser visto na galeria de fotos).

(Vereador Eduardo Nardon. Foto: Paulo Abílio/ASSECOM)

“Procuro fazer tudo dentro da lei. Trabalho e não dependo do salário da Câmara. Meu pai é delegado e a minha irmã é Procuradora. Eu sou vereador pela minha cidade. Jamais iria trazer essa vergonha para aqueles que confiaram em mim e no meu trabalho.”

Portal da Transparência 

O Portal da Transparência da Câmara de Jardim-MS não está disponibilizando as folhas de pagamentos dos servidores e vereadores para consulta pública no mês de setembro. 

O presidente da Casa de Leis, vereador Glaucio Cabreira, foi questionado sobre os motivos de os rendimentos de setembro não estarem disponíveis no Portal da Transparência, já que estamos quase ao fim do mês de outubro.

Ele disse apenas que: "Foram tomadas as providências cabíveis."

jardim

(Portal da Transparência não fornece dados de setembro. Foto: Câmara de Jardim-MS)

Matéria editada às 9h08 para inserção de documento enviado pelo vereador Nardon comprovando que protocolou pedido de desconto em folha pela falta em 17 de agosto.