TCE MAIO
(67) 99826-0686

Em reunião com deputados, Azambuja libera PSDB para disputar presidência da Assembleia

Reunião aconteceu nesta quarta-feira

23 NOV 2016
Airton Raes
15h15min
Foto: Arquivo Top Mídia News

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), liberou os deputados do PSDB de apoiar a reeleição do atual presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), ficando a bancada autorizada a lançar um nome tucano para disputar a presidência. Azambuja também disse que não irá interferir no processo e composição da próxima diretoria.

Na manhã desta quarta-feira (23), Azambuja se reuniu com seis dos oito deputados que compõem a bancada do PSDB na residência do deputado Flávio Kayatt (PSDB). Não puderam estar presentes os deputados Felipe Orro (PSDB) e Rinaldo Modesto (PSDB).

Na reunião, o governador explicou ações que pretende realizar no Estado em 2017, assim como medidas que pretende tomar. Em relação à mesa diretora da Assembleia, Azambuja disse que não irá interferir, mas que a bancada do PSDB estava liberada para propor um nome para a presidência, desde que haja o consenso dos parlamentares. Reinaldo também disse aos parlamentares que cabe a bancada conseguir o apoio e consenso para compor uma chapa para concorrer à mesa diretora.

Junior Mochi possui apoio da maioria dos deputados e vai disputar a reeleição, mantendo como primeiro secretário o deputado Zé Teixeira (DEM). O presidente da Assembleia disse que se encontrou com Reinaldo Azambuja no início de novembro, em Brasília, onde conversaram pela primeira vez sobre sua recondução ao cargo. “Ele perguntou se eu estava trabalhando na questão da mesa. O governador disse que ia conversar com a bancada do PSDB. Estou aguardando. O PSDB é fundamental para fechar esse xadrez. É uma questão de respeito. PSDB é o partido do governo”, continuou.

Veja também