TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Política

Embora rival político, Marquinhos repudia denúncia contra Odilon de Oliveira

Ex-diretor da Justiça Federal acusou juiz aposentado em depoimento que será avaliado pelo MPF

30 agosto 2018 - 10h46Por Celso Bejarano e Rodson Willyams

Embora adversário político do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, pelo PDT, duramente atacado por supostas irregularidades enquanto magistrado da ativa, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse repudiar a “quem dá fôlego” às denúncias de fatos antigos, não investigados, em período de campanha.

O comentário em questão tem a ver com as declarações de Jedeão Oliveira, 49, ex-diretor de Secretaria da 3ª Vara Federal, no período que era chefiada pelo juiz aposentado Odilon de Oliveira.

Jedeão foi demitido em julho de 2016, depois de atuar 22 anos na Justiça Federal. Ele foi denunciado pelo sumiço de R$ 11 milhões, recurso apreendido com pessoas investigadas, normalmente por tráfico de drogas e que deveria ser depositado numa conta federal.

Jedeão prestou depoimento na esperança de olho em delação e, em caso de condenação, ser favorecido com a redução da pena. Na declaração, ele diz que o juiz aposentado “inventou” dados de apreensões de droga e bens de traficantes, negociou sentenças e que exigiu seguranças para atrair a atenção da mídia. O ex-diretor negou ainda participação no desaparecimento da soma milionária.

Odilon de Oliveira disse que a denúncia de Jedeão tem a política como pano de fundo, já que é candidato ao governo.

“Embora eu não apoie o juiz Odilon de Oliveira, acho muito estranho só aparecer denúncia deste tipo em época de eleição”, afirmou o prefeito.

“Não concordo com esse tipo de campanha, a de explorar fatos que nem sequer foram investigados. E que fico triste quando vejo essa prática atingindo seres humanos”, afirmou o prefeito que, na manhã desta quinta-feira (30), participou da cerimônia festiva pelos 60 anos de fundação do Mercado Municipal.

“Repudio  esse tipo de feito,  repudio a quem dá folego a esse tipo de coisa. Não queria comentar muito esse assunto, mas acho isso tudo estranho”, opinou Marquinhos Trad, que apoia o governador Reinaldo Azambuja, candidato à reeleição.