TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

'Eu não vou manter boquinha na minha gestão', garante Marquinhos

Prefeito eleito também já confirma exclusão de secretarias do município

18 NOV 2016
Dany Nascimento e Airton Arraes
19h00min
Foto: g

O prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD) afirmou que pretende extinguir algumas secretarias logo que assumir a prefeitura de Campo Grande, a partir de 2017. A promessa é excluir as famosas 'boquinhas' para apoiadores de governo. Trad destaca que está avaliando o serviço prestado por todas as pastas e ainda não definiu quais devem deixar de funcionar.

"Não tem nada certo, estamos vendo a reforma administrativa, vou extinguir secretaria, mas ainda não sei qual, estamos avaliando a eficiência de cada secretaria. Eu não vou manter secretaria para ter boquinha", garantiu Marquinhos.

De acordo com o futuro chefe do Executivo, o secretariado deve ser anunciado no próximo mês, obedecendo critérios técnicos. Marcos Trad cogita nomear pessoas que apoiaram outros candidatos durante a corrida eleitoral.

"Vou anunciar no início de dezembro o secretariado, vou pegar pessoas técnicas, tem dois nomes que tenho simpatia, Ricardo Ayache, que seria um bom nome para o IMPCG, administrando como ele faz pela Cassems, e o Américo Calheiros para a Cultura. O Américo inclusive fez campanha para o PSDB, mas mesmo assim pode compor o governo", diz Marquinhos.

Marquinhos faz questão de desmentir a possível nomeação de Aroldo Figueiró para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). "Citei o nome dele apenas como exemplo de político técnico, tendo em vista que ele já assumiu a Agetran no passado".

Questionado sobre a indicação de nomes feita por partidos que apoiaram a campanha, Marquinhos destaca que "nenhum dele apoiou em troca de benefícios, mas podem indicar que os nomes será avaliados".

 

 

Veja também