TJMS Abril
Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
corona
Política

Fábio Trad ouve defensores, procuradores e professores sobre PEC da segunda instância

Audiência foi realizada nesta terça-feira

19 fevereiro 2020 - 16h15Por Nathalia Pelzl

A comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição que prevê prisão após a segunda instância (PEC 199/19), realizou sua audiência pública nesta terça-feira (18) com juristas, professores universitários e representantes de associações de advogados, defensores e procuradores.

Conforme a assessoria, o deputado Fábio Trad (PSD/MS), que é o relator do texto final que será votado na comissão, reforçou que não vai haver restrição de ampla defesa.

“Em casos de injustiça não haverá restrição à ampla defesa e nenhum fator obstativo de acesso, porque o habeas corpus está mantido na PEC”, garantiu o parlamentar.

Ainda segundo assessoria, após avaliar o trabalho dos tribunais regionais e estaduais de justiça, Trad destacou o controle social, mecanismo de controle da sociedade sobre ações do Estado, em casos excepcionais de injustiça.

“Por que desconfiar dos tribunais de justiça? Além do mais, esse deslocamento de poderes é importante, pois vai agilizar sobremaneira a tramitação dos processos e dar mais efetividade ao poder judiciário e às decisões. Sobre os casos excepcionais, controle social neles!”.

Trad se mostrou otimista com o fato de juristas e representantes de associações de advogados, defensores e procuradores terem concordado com a necessidade de uma PEC extensível a todas as áreas do Direito, não apenas a Penal, mas Cível, Tributária, Trabalhista e Previdenciária.

Leia Também

Conselhos de MS recomendam que profissionais da saúde façam cadastro no Ministério
Saúde
Conselhos de MS recomendam que profissionais da saúde façam cadastro no Ministério
Ministério da Saúde: Brasil não chegará a 100 mil mortos pela Covid-19
Geral
Ministério da Saúde: Brasil não chegará a 100 mil mortos pela Covid-19
'Número 2' do Ministério da Saúde quebra isolamento e dá desculpa marota para 'corridinha'
Geral
'Número 2' do Ministério da Saúde quebra isolamento e dá desculpa marota para 'corridinha'
Marquinhos pede selfies e vídeos de corrente de oração marcada para este domingo
Cidade Morena
Marquinhos pede selfies e vídeos de corrente de oração marcada para este domingo