Menu
domingo, 16 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Futuro de Gilmar Olarte nas mãos de João Rocha e Paulo Siufi

Comissão Processante

31 outubro 2015 - 18h00Por Dany Nascimento

O presidente da Comissão Processante, vereador João Rocha (PSDB) afirmou que recebeu os documentos que foram solicitados ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul sobre possível corrupção passiva e lavagem de dinheiro praticados pelo prefeito afastado Gilmar Olarte (PP por liminar) e já encaminhou ao relator da Comissão, vereador Paulo Siufi (PMDB), que deve fazer o relatório nesta semana.


Rocha destacou que não existe um prazo exato para a votação em plenário sobre a decisão da Comissão, que discute o afastamento do prefeito afastado. "Não temos um prazo exato para a votação em plenário, mas eu creio que na próxima semana estaremos fazendo a votação".


O tucano explica que mesmo que Gilmar já tenha sido afastado, a Comissão deve seguir um rito e discutir o afastamento, levando em consideração que na criação da Comissão, Olarte ainda ocupava o cargo de Chefe do Executivo.


De acordo com o vereador, a Comissão será finalizada no dia 15 de novembro e João garante que a decisão da Justiça que já afastou Olarte não interfere nas decisões da Comissão de Justiça, que pode desencadear uma possível cassação.

"A decisão pode sim desencadear uma cassação, como pode pedir o arquivamento do caso. Quando a sociedade pergunta porque os trabalhos não desenrolam, temos que deixar calor que seguimos um rito", finaliza o vereador.