TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Política

Gilberto Occhi renuncia ao cargo de ministro da Integração Nacional

13 abril 2016 - 16h43Por Época

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, entregou por volta de 12h30 desta quarta-feira (13), sua carta de exoneração à presidente Dilma Rousseff. Occhi deixa a pasta seguindo decisão de seu partido, o PP, que anunciou na terça sua saída da base aliada. Enquanto outro nome não é indicado para a pasta, a tendência, ainda não confirmada, é que o secretário executivo do ministério, Carlos Vieira, assuma interinamente.

Occhi também apresentou as cartas de exoneração dos outros dois cargos que o Partido Progressista tinha no governo. São dos diretores gerais do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), Antonio Iran Costa Magalhães, e da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), Felipe Mendes. As informações são da assessoria de imprensa do PP.


Na terça-feira, o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), orientou os indicados do partido a entregar seus cargos no governo. O PP estava na base do governo desde 2002.