TJMS JANEIRO
Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Governadores definem secretário executivo do Consórcio Brasil Central

20 dezembro 2015 - 15h52Por Notícias MS

Em reunião do sexto e último encontro do Fórum dos Governadores integrantes do Consórcio Brasil Central, realizado em Porto Velho (RO) na sexta-feira (18), foram decididos os nome que ocuparão cargos dentro do programa. O empresário Tiago Camargo foi eleito pelos governadores do Consórcio Brasil Central (CBC) para comandar a Secretaria Executiva do Conselho de Administração. Para o Conselho Consultivo do CBC foram indicados e aprovados os empresários Cristiano Câmara, de Goiás (GO), Marcelo Tomé, de Rondônia (RO) e Gustavo Oliveira, de Mato Grosso do Sul.

Além do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, compõem o bloco econômico os chefes de Estado do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; de Rondônia, Confúcio Moura; de Mato Grosso, Pedro Taques; de Tocantins, Marcelo Miranda, e de Goiás, Marconi Perillo. O objetivo do grupo é discutir projetos e interesses em comum entre os estados participantes.

Empresário responsável por vários projetos de desenvolvimento em Goiás, entre eles o Inova Goiás, Tiago foi indicado para ocupar o cargo de secretário Executivo do Conselho de Administração do CBC e teve o nome aprovado poro unanimidade. Os integrantes técnicos do Conselho Consultivo foram definidos pelos governadores e já receberam extensa pauta de trabalho, que vai da formalização dos projetos de logística à organização das reuniões do consórcio em 2016.


Brasil Central

O bloco foi criado no dia 3 de julho, durante o Fórum de Governadores do Centro-Oeste, em Goiânia (GO). Após a aprovação nas Casas Legislativas dos seis estados integrantes, foi criado o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, que terá um aporte anual de R$ 11,4 milhões (R$ 1,9 milhão por ente federativo) que vão propiciar execução de projetos em benefício dos cerca de 20 milhões de habitantes da região.