(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

‘Instagram ocultou curtidas para gorda feminista peluda não ficar deprimida’, diz Zambelli

A deputada federal do PSL-SP recebeu críticas por sua fala no Twitter e causou polêmica

18 JUL 2019
Da redação/Bahia.ba
14h28min
Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

A deputada federal Carla Zambelli, do PSL-SP, usou o Twitter para criticar a nova estratégia do Instagram de ocultar o número de curtidas em fotos e vídeos nos perfis dos usuários. De acordo com ela, a medida seria para “gorda feminista peluda” não sentir inveja de outras mulheres.

“E o Instagram sumiu mesmo com o número de likes. Tudo para a gorda feminista peluda do cabelo roxo não ficar deprimida ao ver o desempenho da coleguinha na rede. É assim que as redes sociais afundam”, disse Carla. 

A fala da parlamentar gerou polêmica, muitas críticas e insatisfação de seguidores e famosos. A escritora Elika Takimoto, doutora em filosofia disse: “Quando a depilada fala dos likes da gorda feminista peluda (que até agora não reclamou de nada), sabemos muito mais sobre a inveja da depilada do que sobre a felicidade da cabeluda.”

Uma seguidora também rebateu a deputada. “Aham tá, e quem te revoltadinha é branca, privilegiada com salário de parlamentar. Piada pronta”, escreveu. “Eu leio esse tweet e fico triste, dó de verdade. Só você sabe o sofrimento pelo qual passa diariamente, mas é bem fácil imaginá-lo, esse sofrimento constante da sua própria existência. Acontece que ele vira rápido repulsa por você projetar o ódio a si mesma em outras pessoas”, publicou outro usuário do Twitter. “O mais bizarro é que ela se diz cristã. Imagina Cristo lendo isso”, disse outra.

Dentre os famosos, o youtuber Felipe Neto citou um trecho da Bíblia. “Jesus deve morrer de orgulho dessa mulher. ‘Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes, seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão”. (Romanos 14:13)”, publicou ele, que recebeu repost da atriz Bruna Marquezine. “Nossa… coitado de Jesus. Essa aí não entendeu nada”, disse a cantora Manu Gavassi.

Diante das críticas, a deputada ironizou. “Vou rir… já que responder o que me veio à cabeça  seria desrespeitoso”. O Instagram começou a ocultar as curtidas no Brasil nesta quarta-feira (17). Somente o dono de cada perfil tem acesso ao número de likes em suas publicações.

Veja também