Menu
sexta, 30 de outubro de 2020
Política

Justiça decide futuro de quatro vereadores de Campo Grande nesta segunda

Eleição 2012

08 dezembro 2013 - 14h49Por Juliene Katayama

Após um ano das eleições de 2012, a Justiça vai decidir sobre o futuro de quatro vereadores de Campo Grande nesta segunda-feira (09). Thaís Helena (PT), hoje secretária de Assistência Social, Alceu Bueno (PSL), Paulo Pedra (PDT) e Delei Pinheiro (PSD) foram denunciados por compra de votos durante a campanha eleitoral do ano passado.

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou os vereadores Paulo Pedra, Thaís Helena, Delei Pinheiro e Alceu Bueno sob a acusação de distribuírem vale combustível em troca de votos. Os veículos eram abastecidos nos postos da Rede Trokar.

O juiz da 35ª Zona Eleitoral, Flávio Saad Peron, determinou a realização de busca e apreensão nos escritórios dos postos de combustíveis e nos comitês dos vereadores eleitos. De acordo com a investigação, as requisições apreendidas continham as placas dos veículos que foram abastecidos ou nomes dos beneficiários. A nota fiscal era emitida em nome do candidato.

Além das requisições, foram apreendidos grande quantia de dinheiro, folhas de cheques, contratos particulares de compra e venda de combustíveis em nomes dos quatro vereadores.

Do processo - O presidente da Câmara, vereador Mario Cesar (PMDB), também foi acusado por crime de compra de votos junto aos quatro vereadores. O processo foi desmembrado e a Justiça considerou, em outubro deste ano, o peemedebista inocente da acusação.

Baseados no resultado do julgamento favorável a Mario Cesar, os vereadores acreditam que também serão absolvidos. Para eles, a Justiça deve seguir a mesma linha de atuação que culminou na referida decisão sobre o processo do atual presidente da Casa de Leis.

Leia Também

Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Geral
Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio
Interior
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio