Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Política

Laudo da UnB indica que Genoino não precisa de prisão domiciliar

Mensalão

26 novembro 2013 - 16h35Por Carlos Guessy

Laudo feito por médicos da Universidade de Brasília (UnB) indica que o deputado licenciado José Genoino (PT-SP) não precisa permanecer em casa para cuidar de sua doença cardíaca. O documento de nove páginas indica que Genoino é "portador de cardiopatia que não se caracteriza como grave".

O laudo é assinado por cinco médicos que integraram a junta médica indicada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa.

De acordo com o laudo, "o conceito de doença cardiovascular grave não se aplica ao presente caso em seu contexto clínico-cirúrgico de momento atual, que se apresenta sob impressão de expectativa favorável".

A doença, conforme o laudo, pode ser controlada com medicação anti-hipertensiva de forma regular, acompanhamento ambulatorial periódico e dieta.

"Tanto quanto possível, este tratamento medicamentoso deve ser coadjuvado por dieta hipossódica, restrição de atividade física vigorosa, prática regular de leve a moderada atividade física aeróbica e restrição da influência de fatores psicológicos estressantes, não sendo imprescindível, para tanto, a permanência domiciliar fixa do paciente, salvaguardadas a oferta e administração de medicação", afirmaram os médicos.

Com base nessas informações, Barbosa decidirá se Genoino retorna ao presídio da Papuda para cumprir a pena imposta pelo tribunal no julgamento do mensalão ou se permanece em prisão domiciliar.

 

Fonte: Folha Press

Leia Também

Ladrão é preso minutos depois de cometer assalto no Universitário
Polícia
Ladrão é preso minutos depois de cometer assalto no Universitário
Seguindo os passos do avô, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
Algo mais
Seguindo os passos do avô, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
Mato Grosso do Sul reduz índices de violência durante pandemia
Polícia
Mato Grosso do Sul reduz índices de violência durante pandemia
Presidente da Samsung morre aos 78 anos
Geral
Presidente da Samsung morre aos 78 anos