Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Política

Lidio Lopes quer que ex-militares presos também possam ser acolhidos em presídio militar

Para o autor da proposta, os policiais militares ao serem condenados sofrem tripla punição

10 abril 2019 - 15h21Por Da redação/ALMS

Na sessão desta quarta-feira (10), o deputado Lidio Lopes (Patri) apresentou Projeto de Lei Complementar (PLC) para alterar a redação de dispositivos da Lei Complementar 245 de 08 de março de 2018, que cria o estabelecimento penal militar denominado Presídio Militar Estadual Centro de Ressocialização Fildelcino Rodrigues, no município de Campo Grande.

A proposta estende o acolhimento ou manutenção nas dependências do estabelecimento penal militar, além de oficiais e praças da ativa da Polícia Militar e do Corpo e Bombeiros de Mato Grosso do Sul, de ex-policiais militares, que já tiveram a condição anterior de militar da ativa, da reserva ou reformado.

Para o deputado Lidio, os policiais militares ao serem condenados sofrem tripla punição. “O policial militar quando se vê às voltas com o sistema judicial punitivo sofre uma tripla punição: a primeira, quando é condenado; a segunda, quando é excluído da corporação e a terceira, quando é enviado ao regime comum de cumprimento de pena, restando para si e para seus familiares imensos dissabores”, justifica o parlamentar.

O deputado afirma, ainda, que o PL visa garantir os princípios da igualdade e da dignidade da pessoa humana. “A restrição de que somente seja acessível o recolhimento em estabelecimento penal militar a militares da ativa, da reserva ou reformados, constitui inaceitável ofensa ao princípio da isonomia, em seu sentido material”, explicou o deputado.

Leia Também

Pitbull albina escapa no Parque do Sol e dona faz apelo para encontrá-la
Cidade Morena
Pitbull albina escapa no Parque do Sol e dona faz apelo para encontrá-la
Futebol com 'cabeça' de Bolsonaro choca deputados de MS: 'ato criminoso'
Política
Futebol com 'cabeça' de Bolsonaro choca deputados de MS: 'ato criminoso'
Prefeitura prorroga proibição do corte de água por mais 30 dias em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura prorroga proibição do corte de água por mais 30 dias em Campo Grande
Marcelo Álvaro Antônio é 9º ministro infectado pela covid-19
Geral
Marcelo Álvaro Antônio é 9º ministro infectado pela covid-19