Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Política

Luiz Ovando critica modelo de atendimento em UBS e Santa Casa de Campo Grande

Para parlamentar, atendimento devia priorizar ‘diagnóstico rápido’, não ‘tecnologizar a saúde’

14 março 2019 - 13h33Por Celso Bejarano, de Brasília

Assim que a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, elegeu, no início da noite de ontem, quarta-feira (13), o deputado federal baiano Antônio Brito, do PSD, sigla partidária dos irmãos Trad, o deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS), formulou duras críticas contra o modelo de atendimento médico nas Unidades Básicas de Saúde e citou como exemplos o que acontece nos postos de saúde e a Santa Casa de Campo Grande, maior hospital de Mato Grosso do Sul.

Novato na política, o deputado-médico e professor universitário disse que o país “perde tempo” em apoiar a ideia do Mais Médicos, programa que prevê a contratação de profissionais estrangeiros, posto em prática em 2013.

Para Ovando, o governo deveria incentivar os médicos da rede pública a “diagnosticar” as doenças que afetam a população, já nos “postos de saúde (UBSs)” e nos hospitais.

O parlamentar afirmou, no discurso, que em Campo Grande, nas UBSs e na Santa Casa, onde atuou e que tem ao menos 700 leitos, o diagnóstico rápido, no primeiro atendimento, é desprezado.

Para o deputado, o atendimento, hoje em dia, é influenciado pelo que chamou de “tecnologizar (tornar tecnológico) a saúde”. No caso, pela interpretação de Ovando, os profissionais da saúde deviam logo apontar a enfermidade do paciente, não destacar o certo exigindo os exames laboratoriais.

No entanto, para tocar adiante o programa do “diagnóstico”, afirmou o parlamentar, é preciso “reconhecer o médico, valorizar o clínico”.

As palavras de Luiz Ovando foram dirigidas ao novo presidente da Comissão de Seguridade Social e Família, colegiado capaz de levar adiante a ideia do parlamentar sul-mato-grossense.

Leia Também

Rússia registrará segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro
CORONAVÍRUS
Rússia registrará segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro
Correios devem retomar 100% das atividades hoje
Geral
Correios devem retomar 100% das atividades hoje
Bandidos mortos em confronto na fronteira tinham invadido residência em Naviraí
Polícia
Bandidos mortos em confronto na fronteira tinham invadido residência em Naviraí
Réu por feminicídio, Rômulo se cala diante de juiz e defesa pede devassa nas contas de Grazi
Cidade Morena
Réu por feminicídio, Rômulo se cala diante de juiz e defesa pede devassa nas contas de Grazi