tce janeiro
CNH - MOTO
Menu
sexta, 28 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Luiza vai à sessão acompanhada de 'seguranças' e revolta vereadores

22 outubro 2015 - 10h43Por Anna Gomes e Dany Nascimento

Após falar “poucas e boas” sobre os vereadores de Campo Grande e 'sumir' por algum tempo, a parlamentar Luiza Ribeiro (PPS) voltou a participar da sessão da Câmara Municipal na manhã desta quinta-feira (22),  mas um fato inusitado aconteceu. Policiais Militares acompanham a parlamentar dentro do Plenário da Casa, fazendo a 'segurança' da vereadora. O fato revoltou vereadores e o presidente da Casa de Leis, Flávio César (PT do B), até suspendeu a sessão por 5 minutos.

O vereador Airton Saraiva (DEM), durante discurso pediu a retirada dos policiais, relatando que a Câmara já possui segurança. Paulo Siufi (PMDB), concordou com Saraiva, dizendo que a presença dos policiais seria algo desnecessário.

Já outros parlamentares chegaram até a fazer piada com a vereadora. Chocolate (PP), disse que devido a presença da polícia, ele precisaria trabalhar com coletes à prova de balas. 

Luiza disse que hoje é um dia muito difícil para ela que perdeu vários 'amigos' na Casa de Leis, após acusar parlamentares de participarem de esquema de propina em troca da cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), em 2014. Após a declaração, os vereadores não pouparam críticas à parlamentar dentro da Câmara. Para eles, Luiza quer mesmo é 'se promover’. 

Após suspender a sessão Flávio César está reunido neste momento com todos os vereadores. Os dois policiais não estão mais no plenário e quando interrogados sobre qual o motivo de estarem na Câmara, eles só falaram que se tratava de uma 'ordem superior'.