Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Política

Lula participa de encontro com militantes e dá conselhos para Delcídio

Política

13 novembro 2013 - 19h00Por Aline Oliveira

A agenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terminou com um encontro promovido nesta quarta-feira (13), no Ondara buffet, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), no qual estiveram reunidas cerca de mil pessoas, entre militantes do partido, lideranças comunitárias e dos movimentos sociais.

 

Lula ressaltou com emotividade seu histórico na política brasileira, a luta para conseguir se eleger e as mudanças que foram realizadas de lá para cá. "Muitas vezes fui criticado por ter pouco estudo e quando perdia uma eleição pensava em desistir. Porém os trabalhadores e os companheiros me deram força para continuar a lutar e conquistar a presidência da república", avaliou.

 

O ex-presidente fez um discurso ideológico para os participantes, mas também reforço seu apoio a candidatura do senador Delcídio do Amaral, ao governo de Mato Grosso do Sul. "Quero dizer a você Delcídio que iremos trabalhar para que você seja o novo governador do Estado. No entanto, quero alertá-lo que será preciso fazer alianças e atrair aliados e na dúvida, sempre consulte seus companheiros de partido", aconselhou.

 

Questionado sobre o cenário da política local e se concorda com a possível aliança do PT com o PSDB, Lula disse não ter nada contra, porém é da opinião que o ideal seria que aqui se repetisse a composição da executiva nacional. "Sou da opinião que deveria acontecer a aliança do PT com o PMDB, assim como acontece em Brasília. Mas cada região tem sua particularidade e vejo com bons olhos uma possível aliança com o PSDB", ponderou o presidente de honra do partido.

 

Conflitos indígenas - Sobre os conflitos indígenas ocorridos em Mato Grosso do Sul, Lula se comprometeu a intervir pessoalmente no caso junto a presidente Dilma Roussef. "Estou muito preocupado com a situação e conversarei pessoalmente com a Dilma, acredito que a situação já saiu do controle do ministério da justiça e da Funai e temos que tomar decisões urgentes para evitar mais tragédias", opinou.

Leia Também

Homem é assassinado enquanto dormia em colchão na sala de casa
Polícia
Homem é assassinado enquanto dormia em colchão na sala de casa
Salário dos servidores estaduais vai estar disponível para saque amanhã
Economia
Salário dos servidores estaduais vai estar disponível para saque amanhã
Homem reclama de maconha e leva marteladas em Campo Grande
Polícia
Homem reclama de maconha e leva marteladas em Campo Grande
João foi morto por defender irmã de violência doméstica nas Moreninhas
Polícia
João foi morto por defender irmã de violência doméstica nas Moreninhas