TCE MAIO
(67) 99826-0686

Marquinhos anuncia equipe de transição e Bernal é o próximo a indicar nomes

Além disso, a Câmara Municipal também participará e indicou oito vereadores para atuar na transição de gestões

2 NOV 2016
Rodson Willyams
08h06min
Pedro Pedrossian Neto, neto do ex-governador Pedro Pedrossian Foto: André de Abreu

O prefeito eleito Marquinhos Trad, do PSD, definiu na terça-feira (1°), mais três nomes que deverão compor a equipe de transição. Na lista estão Gilberto Cavalcante, Alexandre Ávalos Santana e Pedro Pedrossian Neto. Além deles, oito vereadores da Câmara Municipal deverão integrar a equipe. 

Segundo Marquinhos, “escolhemos três técnicos e eles já começam os trabalhos na próxima quinta-feira”. Com o ofício assinado pelo prefeito eleito, os três indicados devem procurar o atual prefeito Alcides Bernal, do PP, para iniciar a análise financeira da prefeitura. 

Conforme a assessoria de imprensa do prefeito eleito, Gilberto Cavalcante é advogado e técnico em contabilidade, com mais de 40 anos de experiência em administração pública estadual e municipal. Ocupou os cargos de fiscal de rendas, secretário-adjunto de Fazenda e auditor-geral do Estado.

Pedrossian Neto é economista graduado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e mestre em economia política pela PUC-SP. Ele já atuou como professor universitário. Em 2014, foi secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur) e, no mesmo ano, foi membro do Conselho de Administração do Sebrae.

Ainda no currículo do economista, constam a atuação como coordenador de economia internacional do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo Fiesp e representante da Fiesp nas negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Genebra.

Por fim, Alexandre Ávalo é advogado e consultor jurídico. Atua como professor de várias universidades e é pós-graduado em Direito Processual Civil e em Direito Constitucional pela PUC do Rio de Janeiro, além de mestrando em Direito na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Ele é coautor do livro Manual de Direito Processual Brasileiro e coordenador e autor de vários livros.

Câmara 

Ontem, o prefeito eleito Marquinhos Trad esteve na Câmara Municipal, quando conversou com os 29 vereadores da atual legislatura. Lá o novo chefe do administrativo convidou a Comissão de Orçamento e o vereador Lívio Viana, do PSDB, para que integrasse a equipe. 

Mais tarde, o presidente da Câmara Municipal, João Rocha, do PSDB, ainda anunciou uma Comissão Especial, formada por Carlão, do PSB e Otávio Trad, do PTB, que levará junto a Comissão de Justiça. 

A Comissão Permanente de Finanças e Orçamento é formada por Carla Stephanini, do PMDB, presidente; Eduardo Romero, da Rede, vice-presidente; Herculano Borges, do SD; Mario Cesar, do PMDB; e Eduardo Cury, do SD, todos membros da Comissão. 

Prefeitura 

Agora falta apenas o prefeito Alcides Bernal, do PP, anunciar a equipe que auxiliará a equipe de Marquinhos Trad. 

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, 'a administração Alcides Bernal irá colocar todos os servidores à disposição para que a transição ocorra da maneira mais tranquila e transparente possível'. 

E ainda informa que, 'quanto à Comissão de Transição preconizada pela lei e regulamentações ela ainda será anunciada. A data do anúncio será confirmada no próximo dia útil', finaliza.

Durante o encontro com Marquinhos realizado na última segunda-feira (31) na prefeitura, Bernal declarou à imprensa que iria obedecer os requisitos estabelecidos pela normativa 37, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que trata da transição de governo. Lá a equipe deveria ser formada 30 dias antes da troca de governo, e integrariam o grupo, os secretários de Finanças e Administração da prefeitura.  

Veja também