ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Marquinhos diz que recebe a prefeitura como 'missão' e que a Capital precisa voltar a respirar

Prefeito discursou após tomar posse no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo

1 JAN 2017
Thiago de Souza e Rodson Williams
20h59min
Marquinhos diz que cargo de prefeito como uma 'missão' Foto: André de Abreu

''Recebo humildemente essa missão com o compromisso de que a partir de agora tudo será feito com qualidade''. Essas foram as primeiras palavras do prefeito Marquinhos Trad (PSD), assim que assinou o termo de posse, na tarde deste domingo (1), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. 

Trad reafirmou o compromisso de tapar os buracos que existem em Campo Grande, e foi bastante aplaudido nesse momento. Essa promessa está no plano de ações emergenciais, que o novo prefeito vai implementar nos primeiros dias de governo.  ''A cidade precisa voltar a respirar'' e as medidas emergenciais, como o tapa-buracos, são consideradas básicas'', destacou Trad. 

Marquinhos também disse que pretende dialogar para resolver as questões mais urgentes, e em dado momento agradeceu o apoio do ex-prefeito Alcides Bernal (PP). Ele deixou claro que pretende conversar bastante com o legislativo municipal, em nome da Cidade.  

O prefeito da Capital comentou que os eleitores desejam ver no administrador uma imagem de perfil técnico e por isso escolheu uma equipe ''altamente competente para administrar Campo Grande'.

Sobre administrações anteriores, Trad prometeu não 'olhar para trás' e que vai deixar para os órgãos competentes fiscalizar gestões anteriores. 

Ainda sobre seu plano de governo, Marquinhos diz que vai demorar uns 10 a 12 meses para colocá-lo em prática. ''Não vou fazer nada da noite para o dia, a população precisa ter paciência'', finalizou marquinhos. 

 

 

 

 

Veja também