TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Mesmo com afastamento, Câmara decide manter processante contra Olarte

08 setembro 2015 - 10h19Por Dany Nascimento e Rodson Willyams

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Flavio Cesar  (PT do B), afirmou na manhã de hoje (8), que a Comissão Processante decidiu dar continuidade aos trabalhos de investigação do prefeito afastado Gilmar Olarte (PP).

Olarte foi afastado da prefeitura da Capital após ser alvo da  operação Coffee Break, feita pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), suspeito de corrupção passiva e ativa, além da compra de votos na Câmara Municipal.

O presidente da Comissão, vereador João Rocha (PSDB) disse que uma reunião foi realizada com os membros, que necessitam de um prazo maior para realizar os trabalhos.

"Fizemos uma reunião com comissão na segunda-feira e entendemos que é necessário ter mais prazos para  dar continuidade as investigações. O prazo é de noventa dias para a Comissão concluir um parecer", diz João.

De acordo com o vereador, nesse período, Gilmar Olarte pode encaminhar testemunhas ou até mesmo, comparecer para apresentar sua defesa diante das investigações.