Menu
segunda, 23 de novembro de 2020
Política

Ministro explica vinda à Capital para fazer campanha para Bernal

Eleição 2012

18 novembro 2013 - 12h26Por Juliene Katayama

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, entregou sua defesa sobre sua vinda à Campo Grande para fazer campanha eleitoral para o então candidato Alcides Bernal (PP). No entanto, as despesas com a visita do ministro não foram declaradas na prestação de contas do progressista.

A ação foi movida pela Coligação Mais Trabalho por Campo Grande e pelo PMDB, do então candidato, secretário estadual de Obras Edson Giroto (PR). Os autores pedem a cassação do diploma de Bernal e do vice Gilmar Olarte (PP).

Segundo o Diário Oficial da Justiça Eleitoral, as partes terão três dias para se manifestar sobre os documentos apresentados. "Tendo em vista a juntada dos ofícios expedidos pela Agência Nacional de Aviação Civil e pelo Ministério das Cidades, intimem-se as partes para manifestação, no prazo de 03 dias", informa a publicação.

A Justiça Eleitoral requisitou, no último dia 13 de setembro, informações à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informações sobre a tripulação de passageiros da aeronave de prefixo PT-LLT que transportou o ministro das Cidades no dia 23 de outubro de 2012.

Em agosto deste ano, foi anexado ao processo o ofício expedido pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Conforme o advogado da coligação, Valeriano Fontoura, eles tomarão conhecimento sobre os documentos apresentados pelo Ministério das Cidades e Anac. "A próxima etapa serão as oitivas para encerrar o processo", explicou.

Ainda falta esclarecer se a viagem do ministro foi paga com recurso de campanha ou com dinheiro público. Caso Bernal tenha omitido a despesa na prestação de contas, seu mandato e do vice poderão ser cassados. Mas se as despesas foram pagas com recurso público, o ministro poderá responder por improbidade administrativa.

Leia Também

Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Geral
Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Polícia
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Política
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS
CORONAVÍRUS
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS