Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Política

Moradores de assentamentos em MS vão à Câmara Federal pedir regularização de terras

Para deputado Dagoberto, Bolsonaro não quer reforma agrária e, sim, que 'morram os índios e os sem-terra'

16 abril 2019 - 16h21Por Celso Bejarano, de Brasília

Militantes de movimentos que defendem os direitos dos sem-terra em Mato Grosso do Sul, ligados à Frente Nacional de Lutas no Campo e Cidade, entidade chefiada por José Rainha, ex-comandante do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), estiveram na tarde desta terça-feira (16), no gabinete do presidente da Câmara dos Vereadores, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Lá, eles pediram apoio pela regularização de lotes situados em assentamento do Estado.

O encontro, mediado pelo deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS), durou em torno de meia hora.

“Sabemos que o governo de Jair Bolsonaro é contra a reforma agrária. Ele [presidente] quer é que morram índios e sem-terra. Então, eles [moradores de assentamentos] estão preocupados. A reforma foi feita e agora querem consolidar as escrituras”, disse o parlamentar.

Na audiência, Rainha, representantes do movimento de outros estados e dois de MS pediram a Maia que articule com as bancadas apoio pela regularização de terras já transformadas em assentamentos.

Dagoberto citou como exemplo a demora na emissão de títulos aos assentados a região da cidade de Nova Andradina (250 quilômetros de Campo Grande). Nessa localidade, o assentamento Casa Verde, criado na segunda metade da década de 1980, que virou distrito, vive em torno de 12 mil pessoas e nem todas, oficialmente, são donas dos lotes que habitam.

Por meio de emenda parlamentar do deputado, é que a prefeitura consolida hoje em dia a documentação dos assentados.

 

Leia Também

Prefeitura aumenta para 30% lotação de passageiros em pé nos transportes coletivo
Cidade Morena
Prefeitura aumenta para 30% lotação de passageiros em pé nos transportes coletivo
TikTok: com recado aos 'sem noção' da pandemia, vídeo de Flávio explodiu na rede social do momento
Oi vizinho...
TikTok: com recado aos 'sem noção' da pandemia, vídeo de Flávio explodiu na rede social do momento
Novo presidente Heber Xavier renuncia Santa Casa
Cidades
Novo presidente Heber Xavier renuncia Santa Casa
Fisioterapeuta morre de covid-19 em Corumbá
CORONAVÍRUS
Fisioterapeuta morre de covid-19 em Corumbá