(67) 99826-0686

Maior vantagem de Marquinhos Trad foi na região Imbirussu

Prefeito eleito venceu em todas as regiões eleitorais de Campo Grande

31 OUT 2016
Rodson Willyams
17h01min
Foto: Geovanni Gomes / Arquivo

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), o prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD) venceu em todas as zonas eleitorais de Campo Grande. A região que o novo prefeito obteve mais votos foi no Imbirussu e a menor foi no Bandeira. Mesmo assim, o novo prefeito passou dos 57% em todas as zonas eleitorais.  

A região do Imbirussú abriga a 59ª Zona Eleitoral. Ela engloba os bairros Nova Campo Grande, Popular, Panamá, Santo Amaro, Santo Antônio, Núcleo Industrial e Vila Sobrinho. Nesta zona, o candidato teve 28.841 votos, correspondendo a 59,37%. A segunda coloca, Rose Modesto, do PSDB, obteve 19.738, sendo 40,63%. A diferente entre os concorrentes chegou a 18,74%, a maior diferença de votos.

A segunda mais votada foi a região do Segredo, que compreende os bairros José Abrão, Nasser, Seminário, Monte Castelo, Coronel Antonino, Mata do Segredo e Nova Lima. Lá Marquinhos teve 43.022, sendo 59,35% dos votos. Rose teve 30.317 (40,65%). A diferença entre eles chegou a 18,70%.

Em seguida, Marquinhos obteve apoio na 44ª Zona Eleitoral, que fica na região do Lagoa. que compreende os bairros: Caiobá, Batistão, Coophavila II, Tarumã, Tijuca, São Conrado, Santa Emília, Leblon, Taveirópolis, União, Caiçara, Bandeirantes. Nesta região o novo prefeito teve 36.903, sendo 58,66% dos votos. Rose obteve 29.387, sendo 40,76%. A diferença entre eles chegou a 18,48%.

A região do Prosa foi outra em que Marquinhos figurou em primeiro lugar. A região abriga a 36ª Zona Eleitoral e compreende os bairros Novos Estados, Estrela Dalva, Chácara dos Poderes, Mata do Jacinto, Margarida, Autonomista, Santa Fé, Chácara Cachoeira, Veraneiro e Jardim Noroeste. Nesta região, o prefeito teve 42.542, sendo 58,66% dos votos. Rose teve 29.987, sendo 41,34% dos votos. A diferença entre eles chegou a 17,32%.

A região do Anhanduizinho foi outra que referendou apoio a Marquinhos. A 53ª Zona Eleitoral compreende os bairros Lageado, Los Angeles, Centro-Oeste, Alves Pereira, Pionieros, Aero Rancho, Centenário, Parati, Piratininga, Guanandi, Jacy, Jockey Club, Jardim América e Taquacurru. Nesta região, Marquinhos obteve 49.087, sendo 58,54% dos votos. Rose obteve 34.759, sendo 41,46% dos votos. A diferença entre eles chegou a 17,08%.

Por fim, a 8ª Zona Eleitoral, localizada na região do Bandeira, que compreende os bairros Moreninhas, Universitário, Rita Vieira, Maria Aparecida Pedrossian, Tiradentes, Jardim Paulista, TV Morena, Vilas Boas, São Lourenço, e Dr. Albuquerque. Foi a região em que apresentou o menor percentual de diferença entre os candidatos. Marquinhos teve 41.481 votos, sendo 57,77%. Rose teve 30.317, correspondendo a 42,23%. A diferença chega a 15,54% dos votos.

Veja também