TCE MAIO
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022 2
Menu
sexta, 20 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Política

Em campanha 'pobre', candidatos intensificam investimentos na internet

Políticos apostam no impulsionamento nas redes sociais para chegar aos eleitores

30 setembro 2018 - 13h30Por Rodson Willyams

Na reta final da campanha, os candidatos que disputam o pleito de 2018 estão apostando nas redes socais para conquistarem os votos dos eleitores que ainda não definiram em quem irão votar nesta eleição. Após a aprovação da reforma política, a campanha deste ano recebeu pouco investimento. Sem dinheiro, a briga fica pelas redes sociais.

Para o vereador André Salineiro (PSDB), que se candidatou para deputado estadual, pelas redes sociais a campanha está bem tranquila. "A receptividade da minha campanha foi excelente. Com uma campanha diferenciada e base ideológica, quando chegamos até a população, a receptividade é muito boa. Não tive rejeição e acho que isso o resultado daquilo que estamos plantando".

Outro a comentar é o vereador Roberto Santana, o Betinho (PRB), que pontuou que durante a visita aos eleitores percebeu que a população está magoada devido aos últimos acontecimentos envolvendo políticos. "Em algumas reuniões sou muito questionado. Perguntam o que você já fez? A cobrança é muito maior", afirma.  E emenda: "há um alto índice de abstenção. A campanha limita devido ao pouco recurso.  Mas nesta reta final, vamos trabalhar o impulsionamento no Facebook".

O delegado Wellington de Oliveira (PSDB), vereador que disputa a vaga para deputado estadual, afirmou que a sua campanha está em 'todas as mídias sociais'. "Tenho trabalhado com os voluntários digitais e físicos para aumentar a rede e fazer a renovação. Assim, as pessoas sabem aonde a gente vai e contamos com essa eficiência popular".

Para o vereador Lucas de Lima (SD), que disputa o pleito para deputado estadual, a campanha da internet está sendo fundamental. "Ela é totalmente decisiva na minha campanha, ajuda 70%".

De olho nas campanhas online, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) informa que intensificou a fiscalização na pela internet. "A Justiça Eleitoral fiscaliza por meio do Ministério Publico Eleitoral, pelo aplicativo Pardal e pelo Web Denúncia".