Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Não há indícios de envolvimento de vice-governadora em operação, diz Gaeco

25 agosto 2015 - 17h04Por Amanda Amaral e Rodson Willyams

Não há qualquer indício de envolvimento da atual vice-governadora e ex-vereadora Rose Modesto, do PSDB, em qualquer suposto esquema para cassar Alcides Bernal. A afirmação foi dada durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira (25) na Procuradoria Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, para explicar as investigações da Operação Coffee Break – deflagrada hoje pela manhã.

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Marcos Veras, afirmou que não há indícios do envolvimento da ex-vereadora e agora vice-governadora. Modesto foi vereadora desde 2008, reeleita  em 2012 - junto com a eleição de Alcides Bernal (PP) e neste ano assumiu como vice-governadora de Mato Grosso do Sul.

Segundo Veras, “não foi encontrada nenhuma participação dela nos diálogos das escutas telefônicas e nem em qualquer contexto das investigações”.