Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Política

Para governador, Bernal está ficando paranóico

Crítica

14 outubro 2013 - 11h33Por Juliene Katayama

Para o governador André Puccinelli (PMDB), a acusação de que ele estaria manipulando a abertura da CPI que poderá cassar o mandato do preifeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), é "sintoma de paranoia" do Chefe do Executivo municipal. A Câmara decide amanhã sobre a abertura da comissão processante.

"O homem tem mania de perseguição. O pior sintoma da paranoia é síndrome persecutória", criticou o governador. Apesar da rivalidade política entre André e Bernal, o governador sempre declarou deixar aberta as portas da governadoria ao prefeito. "Tô cuidando do Estado que por sinal tem sido extremamente pródigo com Campo Grande, apesar de alguns pontos eles poderem ter mais reforço", afirmou.


Para ele, o prefeito está arrumando desculpa para justificar a abertura da comissão processante e possível cassação do seu mandato. "Isso aí ele tem que arrumar uma desculpa", finalizou o governador.

Leia Também

Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Geral
Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Polícia
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Política
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS
CORONAVÍRUS
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS