Menu
sábado, 05 de dezembro de 2020
Política

Para Zeca, nomeação de Pedro Chaves foi num passe de mágica

Alto escalão

05 novembro 2013 - 15h06Por Juliene Katayama

O vereador, ex-governador Zeca do PT, criticou a nomeação de Pedro Chaves (PSC) para secretário de Governo do prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP). Para o petista, o Chaves surgiu num passe de mágica como suplente do senador Dilcídio do Amaral (PT) e agora assume uma das principais pastas da administração municipal.

"Na questão política ele do nada se tornou suplente do Delcídio. Na vida pessoal, eera dono de uma escola e virou um empresário milionário. Agora vamos ver se ele tem habilidade de articulação política", criticou Zeca.

Pedro Chaves é cunhado do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), com quem o prefeito Alcides Bernal tem pedido conselhos. Além disso, Chaves é do PSC que compõe a oposição do Chefe do Executivo.

Zeca lembrou que foram sugeridos alguns nomes para o cargo, entre ele o do ex-vereador Athayde Nery (PPS) - que apoia Bernal desde o segundo turno da eleição municipal do ano passado. Athayde era o nome mais forte para a pasta por estar se reunindo com frequência com o prefeito. "Tinham outros nomes mais adequados", finalizou o petista.

Leia Também

Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
CORONAVÍRUS
Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Geral
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267
Interior
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267
Baile funk e festas são interditados em Campo Grande
Cidades
Baile funk e festas são interditados em Campo Grande