Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Política

Parlamentares de MS são citados como políticos mais influentes no Congresso

Dois senadores e dois deputados federais entram no rol dos políticos em ascensão no país

09 junho 2019 - 14h06Por Dany Nascimento

Políticos de Mato Grosso do Sul aparecem na lista dos 100 deputados e senadores mais influentes no Congresso Nacional. O estudo foi elaborado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) e divulgado no site Correi Brasiliense. Na lista, foram citados os deputados Fábio Trad (PSD) e senadora Simone Tebet (MDB).

Já na lista dos 50 deputados em ascensão, entram em destaque os nomes de Beto Pereira (PSDB) e Nelsinho Trad Trad (PSD). De acordo com o Correio Brasiliense, o Diap adota critérios qualitativos e quantitativos, que incluem aspectos institucionais, de reputação e de decisão, a partir de postos ocupados, capacidade de negociação e liderança.

Diante disso, foram realizadas entrevistas com parlamentares, assessores legislativos, cientistas e analistas políticos e jornalistas, além de levantamentos relacionados a projetos apresentados e a discursos proferidos. Foram levados em consideração ainda, resultados de votações, relatorias, intervenções nos debates, frequência de citações na imprensa, análise dos perfis e grupos de atuação.

Na escolha dos nomes de deputados, foram considerados aqueles que recebem missões partidárias e buscam abrir canais de interlocução, criando espaços próprios.

Leia Também

Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Interior
Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Geral
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Geral
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes
Política
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes