Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Política

Pedro Chaves afirma que deixará secretaria entre abril e maio

Jogo Político

03 fevereiro 2014 - 10h00Por Schimene Weber e Marcelo Villalba

O Secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais de Campo Grande, Pedro Chaves, afirmou na manhã desta segunda-feira (03) que deverá deixar o cargo entre os meses de abril e maio de 2014.

A afirmativa, que foi feita durante a solenidade de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, é também um marco da nova "jornada" que Pedro Chaves deverá enfrentar neste ano: a campanha do pré-candidato ao Governo do Estado, o senador Delcídio do Amaral (PT).

Chaves ainda deixou claro que, antes de sair do cargo, deixará a relação entre o prefeito Alcides Bernal (PP) e a Câmara Municipal de Campo Grande equilibrada.

Ele também lembrou que, como sugestões à possíveis futuros candidatos ao seu cargo, deixará o nome do ex-vereador Athayde Nery (PPS) e do líder do prefeito na Câmara, vereador Alex do PT.

Reunião - Quando questionado sobre os nomes que compõe a base aliada do prefeito, o secretário deixou no ar que já conta com 14 nomes. "Nós lutaremos para conseguirmos os 29 nomes", pontuou.

Essa semana, ele vai se reunir com mais três partidos para discutir possíveis novos apoios.

Leia Também

'Olha ele, olha ele': Ricardo Salles chama Rodrigo Maia de 'Nhonho'
Geral
'Olha ele, olha ele': Ricardo Salles chama Rodrigo Maia de 'Nhonho'
Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Cidade Morena
Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande
Cidade Morena
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande