Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
GOV FEMINICIDIO
Política

Presente de aniversário: MS receberá R$ 155 milhões de leilão do pré-sal

A Capital será o município com maior repasse: R$ 16 milhões

10 outubro 2019 - 13h10Por Rayani Santa Cruz

A divisão de recursos do pré-sal com estados e municípios, aprovada na noite desta quarta-feira (9) no Congresso Nacional, vai destinar R$ 155 milhões para Mato Grosso do Sul. Já Campo Grande vai receber R$ 16 milhões.

As informações são do deputado federal Fábio Trad (PSD), que votou pela aprovação do PL 5478, que rateia os recursos do leilão de petróleo do pré-sal. “Ajudei a aprovar elegendo critérios que pudessem ser favoráveis ao Estado. Agora, é supervisionar a distribuição e torcer para que a injeção de recursos na economia sirva para frear a degradação financeira que o país passa”, explicou o deputado. 

Ao saber do montante, o secretário de Finanças de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, disse que o dinheiro será usado para pagar despesas correntes e colocar o caixa em ordem. 

“Essa ação da bancada federal contribui muito para que a gente possa tornar as finanças públicas do Estado e da nossa Capital mais solventes e mais robustas, para que a gente possa entregar à população aquilo que se espera do nosso governo”, disse.

Divisão

Conforme a comunicação de Fábio Trad, com os critérios de distribuição dos valores arrecadados com os leilões dos volumes excedentes caberão a Mato Grosso do Sul 1,74761% (coluna A) e 3,43425% (coluna B) do repasse total da União, ou seja, R$ 155.134.973,85.

Campo Grande será o município sul-mato-grossense com o maior percentual de repasse. Exatos R$ 16.276.186,40. 

Leia Também

RECORDE DO DESESPERO: Brasil registra 32,5 mil mortos pela covid-19
Geral
RECORDE DO DESESPERO: Brasil registra 32,5 mil mortos pela covid-19
GOSTOU? Trump não tem efeitos colaterais por tomar hidroxicloroquina
Geral
GOSTOU? Trump não tem efeitos colaterais por tomar hidroxicloroquina
FILIADO AO DEM: Pedrossian Neto nega saída de secretaria para ser vice de Marquinhos
Política
FILIADO AO DEM: Pedrossian Neto nega saída de secretaria para ser vice de Marquinhos
PM transfere tenente que matou professora no trânsito do interior para Campo Grande
Cidade Morena
PM transfere tenente que matou professora no trânsito do interior para Campo Grande