(67) 99826-0686
Dengue FEV

PV e Rede liberam filiados, mas dizem 'não' para Rose e Marquinhos

Os partidos revelaram que permanecerão independentes para fiscalizar o próximo prefeito

7 OUT 2016
Rodson Willyams e Dany Nascimento
10h15min
Foto: Geovanni Gomes

O candidato derrotado a prefeitura de Campo Grande, Marcelo Bluma, do PV, acompanhado do seu candidato a vice, Fábio Lechuga, da Rede Sustentabilidade, da coligação 'Trabalho Experiência e Política Limpa', anunciaram na manhã desta sexta-feira (7), que não devem apoiar os candidatos Rose Modesto, do PSDB, ou Marquinho Trad, do PSD, para o segundo turno na Capital.

No entanto, durante entrevista coletiva de imprensa, realizada na sede do partido, localizada no bairro Tiradentes, Bluma afirmou que apesar de não apoiar nenhum dos dois candidatos, liberou os filiados para apoiar qualquer um dos dois postulantes à prefeitura de Campo Grande. "A opinião deles é individual e não representa o partido", frisou.

Em razão disso, tanto o Partido Verde quanto a Rede Sustentabilidade, informaram que deverão manter o seu papel inicial, de fiscalizador. "Mantivemos a ideia de ser independente e vamos continuar com a postura de fiscalização. Fizemos uma campanha limpa e de enfrentar a velha política".

Bluma ainda afirmou que, após o resultado das urnas, os dois candidatos tiveram apenas 40% da população. "Isso demonstra que 60% da população não queria nenhuma das candidaturas. A pesquisa do Ibope também prejudicou a campanha deles. Por isso, o Alcides Bernal surpreendeu em quantidade de votos".

Por fim, Marcelo ainda explicou que o partido, a partir de agora, se prepara para as eleições de 2018. "Nós vamos ter candidaturas próprias ao governo, Senado e para deputados estaduais e federais. Mas até o momento, não temos nada definido".

Rede Sustentabilidade 

Fábio Lechuga também afirmou que a Rede Sustentabilidade também assume a mesma postura adotada pelo Partido Verde. E garante que vai liberar seus filiados para escolher quem quiserem nessas eleições.

O candidato a vice ainda afirmou que deixou o único vereador do partido reeleito, Eduardo Romero, liberado para apoiar qualquer um dos postulantes ao cargo de prefeito. Segundo ele, Romero participou da reunião com os partidos, mas não esteve presente na coletiva de imprensa. 

Veja também