TJMS JANEIRO
Menu
sábado, 22 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Reinaldo defende incetivos para JBS e destaca 9 mil novos empregos

02 dezembro 2015 - 13h25Por Dany Nascimento

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o incentivo de  R$ 1 bilhão enviados para o grupo JBS para a instalação de  mais quatro frigoríficos em Mato Grosso do Sul, é uma forma de ativar o setor da economia.

"Vale a pena fornecer esse incentivo ao grupo porque não estamos tirando do que já existe, estamos incentivando algo que o Estado não tem, vamos abrir nove mil vagas de trabalho, vamos ativar o setor da economia, como o setor de peru. Essa é uma lógica que vale a pena, estamos incentivando algo que não existe, fortalecendo a economia que ganha muito com isso", diz Reinaldo.

Além disso, o governador destacou que nove municípios de região de fronteira terão videomonitoramento funcionando 24 horas. De acordo com o Diário Oficial do Estado, o contrato para a prestação de serviço foi feito com uma empresa de Dourados, que pretende fornecer treinamentos e equipamentos de videomonitoramento, no valor de R$ 3,7 milhões, válido por um ano.

Os municípios de Mato Grosso do Sul a serem atendidos são Bela Vista, Coronel Sapucaia, Mundo Novo, Naviraí, Dourados, Corumbá e Ponta Porã. "Esses município terão 24 horas monitoramente permanente, de pessoas veículos nos sistema fronteiriço, quando o Sisfron estiver pronto, podemos até ver a possibilidade de fazer interligações", afirma o governador.  

  

Questionado sobre municípios decretarem situação de emergência, Azambuja admite a possibilidade do Estado decretar situação de emergência. "Estamos estudando a possibilidade do Estado decretar situação de emergência porque pontos de rodovias requerem urgência. Estamos estudando com a defesa civil e secretárias, temos equipes nessas regiões estudando".