(67) 99826-0686
Camara Maio

Reinaldo diz que nova reforma ainda é analisada e não tem data para aplicação

O governador diz que prefere ter em mãos um levantamento detalhado antes da reforma, para não perder a qualidade de seu governo

7 NOV 2016
Dany Nascimento
14h20min
Foto: Geovanni Gomes

O governador Reinaldo Azambuja do PSDB, afirmou que ainda não tem data definida para realizar uma nova reforma dentro do governo, mas destaca que mantém sua equipe empenhada na diminuição de gastos.  O tucano ressalta que estruturou as secretarias após  assumir o governo em 2015.

"Estamos fazendo estudos dentro da lógica, o governo não tem pressa para realizar a reforma, porque já fizemos o primeiro planejamento pós eleição 2014, estruturamos secretarias e tivemos avanço, agora olhando o cenário de possibilidade de estagnação e o baixíssimo crescimento da economia nacional, temos que ter o controle de diminuição de gastos", afirma o governador.

Conforme Azambuja, uma análise vem sendo desempenhada para que a reforma não faça com que a gestão tucana perca a eficiência no desempenho dos trabalhos realizados. "Queremos ter o controle, estudos estão sendo feitos e por isso uma reforma e adequação de algumas estruturas será feita, mas de forma cautelosa, para que não ter perda de eficiência na tentativa de sempre melhorar".

Com a volta da vice-governadora Rose Modesto (PSDB) apenas ao cargo de vice, 'rumores' indicam que o governador cogita excluir a Sedhast, porém, o tucano não confirma a exclusão da secretaria e destaca que os mecanismos utilizados na reforma ainda não foram definidos. 

Veja também